How The Beatles Rocked The Kremlin

 

THE UNTOLD STORY OF A NOISY REVOLUTION

60, Back in the USSR

Ou, em tradução livre, “Como The Beatles Abalaram o Kremlin – A história não contada de uma revolução barulhenta”.

Sobre o autor :

Leslie Woodhead é um dos mais renomados cineasta documentarista da Inglaterra. Fez seu primeiro filme com os Beatles em 1962. Seus filmes conquistaram vários prêmios, incluindo Emmys e Peabodys nos EUA e BAFTA e Royal Television Society na Inglaterra. Mora em Cheshire, UK

Creio que esse episódio teve início com a rivalidade amigável entre Beatles e Beach Boys. Depois que Brian Wilson ouviu “Rubber Soul” pela primeira vez, declarou o desejo de fazer um álbum “tão incrível e inteiro como aquele”. E fez. Foi o “Pet Sounds”. E a resposta dos Beatles vieram com “Revolver” e “Sgt Pepper’s Lonely Heart Club Band”.

Em 1968, estavam juntos com os Beatles em Rishikesh, Índia, para o encontro com o Maharishi Yogi, alguns outros músicos: Donovan, o flautista Paul Horn e o Beach Boy Mike Love.

Os Beach Boys haviam gravado algumas músicas – “Surfin’ USA” e “California Girls”, inspiradas no Chuck Berry, como “Back in the USA” e “Sweet Little Sixteen”, exaltando as garotas e a vida nos EUA.

“Back In The USSR” surgiu durante uma conversa no café da manhã, quando Mike Love fez um comentário pro Paul, “não seria divertido fazer uma versão soviética de “Back In The USA” ? Então Paul compôs “Back In The USSR” em contraponto à “Back In The USA”, do Chuck Berry. E em homenagem a Mike Love fizeram o backing vocal à la Beach Boys.

A questão é que nem a KGB conseguiu impedir o contrabando de discos ocidentais da British Invasion e os jovens russos e ucranianos estavam cansados da ladainha das marchas nacionalistas soviéticas.

Os Beatles foram chamados de comunistas pelos conservadores americanos. Isso em plena “Primavera de Praga”, em agosto de 1968. Livros foram escritos sobre o assunto acusando-os de agentes de carteirinha do Partido Comunista. Mas lá na então União Soviética, que antes proibiram a entrada de discos dos rockers ocidentais chamando-os de degenerados, os Beatles foram elogiadíssimos pela imprensa soviética. Foram vendidas milhares de cópias piratas de “Back In The USSR” e gravadas em cópias de transmissões clandestinas de rádios americanas e inglesas. Na Ucrânia, os jovens trocaram o nome da avenida Lenin por Lennon. Até Vladimir Putin contou a Paul, durante uma turnê em 2003 na praça Vermelha, que ouvia os Beatles na adolescência. Palavras do Putin: “Era muito popular. Mais do que popular, era um sopro de ar fresco, uma janela para o mundo lá fora”. Em 1988, Paul dedicou um álbum gravado na própria União Soviética à Glasnot e à Perestroika, do Gorbachev.

60, Paul in Red Square

Depois de “Back In The USSR” em 1968, que tornou-se a favorita entre os grupos russos e dos shows iniciados por Paul McCartney, podemos dizer que os Beatles foram também responsáveis pela 2ª British Invasion, dessa vez no Leste Europeu. A partir daí, vários artistas se apresentaram na já então Rússia, pós a histórica “Queda do Muro de Berlim”. Alguns historiadores chegam a ressaltar a grande influência dos Beatles como uma fase de transição sobre os jovens russos e ucranianos na multiplicação da insatisfação com o regime e governantes soviéticos.

Na entrevista colocada no link abaixo, ao ser perguntado qual sua posição política, respondeu que era contra o totalitarismo e pela liberdade individual.

Canções citadas no post :

Chuck Berry

https://www.youtube.com/watch?v=LNiElreiMa4

https://www.youtube.com/watch?v=e65ofKU6X6A

The Beach Boys

https://www.youtube.com/watch?v=2s4slliAtQU

https://www.youtube.com/watch?v=7oRb9-mypxg

Paul McCartney e Banda ao vivo na Praça Vermelha, Moscou

https://www.youtube.com/watch?v=RUEYUylG5qc

Nesse site, http://www.socialistamorena.com.br/como-os-sovieticos-trocaram-lenin-por-lennon/

vocês encontrarão uma entrevista do site com o autor e uma vasta reportagem sobre o livro.

Abaixo um curto documentário sobre o livro :

https://www.youtube.com/watch?v=UDWUJkWnaJQ

Fontes:

“Revolution in The Head”, Ian MacDonald

“How The Beatles Rocked The Kremlin”, Leslie Howard

Site: www.socialistamorena.com.br

“The Beatles – A História Por Trás de Todas as Músicas”, Steve Turner

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: