Mortes Trágicas no Universo Rock – Jim Morrison

 “Somos conduzidos ao massacre por plácidos almirantes. Lerdos e obesos generais tornam-se obscenos pelo sangue jovem”. Jim Morrison

jim_morrison-in-black

James Douglas Morrison (Melbourne, Flórida, 8.12.43 – Paris, 3.07.71) devia saber o que estava falando pois ele próprio era filho de um almirante. Jim Morrison, o Rei Lagarto, “Eu sou o Rei Lagarto, posso fazer tudo”, disse certa vez, assim como um dos slogans de Maio 68, “Nós queremos o mundo e o queremos agora”.

A história oficial diz que na última noite de sua existência, Jim Morrison foi ver 2 filmes com sua namorada, Pamela Courson, em Paris, e depois foram para a cama. Ela conta que Jim sentiu-se mal e foi tomar um banho para se reanimar. Foi encontrado na banheira às 5 horas da manhã por Pamela. O que consta nos autos é que sua morte foi causada por um  ataque cardíaco. Ele chegou a Paris depois que, em 1969, culpado de comportamento indecente durante um concerto – botou o pau prá fora e simulou masturbação – foi condenado a 70 anos de prisão, mas o pagamento de uma fiança de US$ 50.000 livrou-o provisoriamente. Esse evento foi responsável pela anulação dos concertos dos Doors.

jim-morrison-abrindo-a-calca

Jim andava pelas ruas de Paris carregando seus escritos em uma sacola plástica e fazia festas com seus amigos.

Também consta que Pamela não o tenha avisado de que aquilo não era cocaína e sim heroína da maior pureza. Significa que em primeiro lugar, Jim não era tão chegado em heroína. E depois, que, acostumado a uma determinada dosagem, ao usar essa dosagem com heroína pura, foi fulminado com uma overdose. Ainda há a hipótese de que Jim suspeitava que seria o nº 4 a morrer – depois de Jimi Hendrix, Janis Joplin e Brian Jones, a turma do j,  todos com 27 anos – numa maquinação de autoridades americanas.

morrisonjim032207

Porém, pesquisando em jornais parisienses, descobri que na edição de 21 de julho de 2007 do Le Nouvel Observateur (v. http://www.challenges.fr/depeches/20070720.REU6075/), pouco depois do aniversário de 36 anos de sua morte, uma matéria da jornalista Dominique Vidalon conta que na data acima, através de um livro, Sam Bernett, o antigo gerente de uma boate parisiense, o Rock and Roll Circus, afirma que Jim Morrison morreu em uma das toilletes masculinas de seu clube, depois de uma overdose de heroína. Diz que manteve sua história secreta até que sua mulher deu-lhe a idéia de escrever um livro. “A turma de Jim Morrison, seus amigos próximos e sua namorada Pamela Courson decidiram pela versão de que não era uma questão de drogas, álcool ou overdose. Não polemizei por respeito à sua família e à seus amigos”, explica Bernett, em entrevista à Reuters no Flore, um café de Saint-Germain-des-Prés, um dos preferidos de Morrison. Disse que decidiu escrever para que a verdade seja enfim conhecida. No livro, intitulado “The End: Morrison”,

sam-bernett

Bernett conta que na noite de sua morte, Morrison foi visto em seu clube e que se encontrou com 2 homens que lhe venderam a heroína. Essa versão contradiz totalmente à contada por Pamela à polícia. Bernett diz que Morrison conhecia todas as celebridades que frequentavam o R&R Circus : Marianne Faithfull, Roman Polanski, Salvador Dali, etc.

jim-com-pamela

Alguém forçou a porta da toilette que estava fechada e descobriu Morrison caído no chão. “Sua face estava cinzenta, os olhos fechados e havia sangue saindo de seu nariz. E uma baba com espuma em torno da boca ligeiramente aberta. Jim não respira mais”, conta ele. Continua, dizendo que os 2 traficantes queriam crer que ele estava apenas inconsciente. Ele acha que Morrison foi levado ao seu apartamento e colocado na banheira na tentativa de reanimá-lo.

Jim Morrison foi enterrado em 7 de julho de 1971 no cemitério Père Lachaise. Não foi feita autópsia. Lá, seus vizinhos são Fréderic Chopin, Balzac, Edith Piaf, Alan Kardec, Oscar Wilde.

jim-morrison-grave

A estranha inscrição KATA TON AIMONA EAYTOY, é uma frase em grego. Antes do Aimona tem um triângulo que pode ser lido como Delta, o D grego. Então ficaria, KATA TON DAIMONA EAYTOY, e significa ” CONTRA O DEMÔNIO INTERIOR”. O que resume sua vida.

Pamela Courson morreu de overdose em 1974, também com 27 anos.

20 Respostas to “Mortes Trágicas no Universo Rock – Jim Morrison”

  1. Tania Says:

    Oi Edi, adorei as mortes trágicas do rock…pena que eram tão bons e se foram tão cedo. Mas também viviam em alta voltagem.
    Preocurei o textos dos hippies e não achei. Onde está?
    Parabéns pela profunda pesquisa que complementa o seu conhecimento. Ficamos sabendo de detalhes íntimos de tudo. Adorei.

  2. MTO BOM, NA HORA CERTA..

  3. LÍDIA MEIRELES Says:

    Creio que passado tantos anos,a morte de Jim Morrisan ainda permanece no”segredos dos deuses”,uma vez que já li tantas versões sobre a causa da sua morte.
    Além de que Jim,morreu a 3 de Julho de 1971,e não a 7 de Julho…as informações contradizem-se!
    Vou acabar por concluir que com todos estes dados novos,que afinal de contas,Jim Morrisan estava rodeado de amigos incompetentes no momento da sua morte.
    Tanta gente e ninguém faz nada para ajudar o jovem???
    TENHAM DÓ!!!

    • Olá, Lídia, obrigado por frequentar este blog e pelo seu comentário. No primeiro parágrafo do post, a data de sua morte foi colocada entre parênteses. Mas ele foi enterrado em 7 de julho de 1971, conforme escrevi no final do post.
      Um abraço

      • Pois é gente, e entre 3 e 7, ele ficou aonde? se não foi feita autópsia, ele ficou apodrecendo no hotel..?concordam que essa história, no geral, todas as que contam sobre Jim, tem coisas faltando…. São estranhas, mal contadas….

      • Olá, Adri, obrigado por dar sua opinião e frequentar essas páginas. É verdade, muito mistério. As lacunas estão longe de ser preenchidas. Acho difícil que seu corpo não tenha ficado no IML de lá, ou coisa pior, ou…
        Um abraço,

  4. Camilla Says:

    Oi , adorei esses posts sobre mortes tragicas do rock !
    Será que você pode incluir nessa lista o ‘ Sid Vicious ‘ ?
    Eu queria saber um pouco mais sobre ele .
    Obg (:

  5. jorge gilberto de almeida Says:

    Vida apagada na hora do gozo
    Morte iluminada na hora errada
    Músicas, poesias e exageros
    Tudo pra nada
    Um querer mais
    Apenas um brinquedo
    Sonho de merda
    Vida de sonhos

  6. Adriano Roberto Says:

    Morrison… REST IN PEACE. E obrigado por postar essa matéria, muito boa mesmo!

  7. Yasmim-Deschain Says:

    Jim, Jim, Jim…

  8. Dark Dream Says:

    diz a lenda e a fita VHS que tenho no filme the doors..que ele morreu depois de ver o índio…viajei pro amazonas e vi uns índios tbm..será que vou morrer?? kkkkk ainda bem que não tomo banho de banheira.

  9. Marinês Says:

    Eu não acho justo ele ter nos deixado, não tinha esse direito por quê Jim, como depois da sua partida tudo ficou triste, jamais alguém conseguirá te substituir, para mim vc foi a maior e mais bela estrela que o rock já teve!

  10. When the music is over… Ele disse tudo nessa música!!

    O Jim Morrison é para mim o mistério mais fascinante da história do rock and roll.

    Ele foi um artista completo,intenso,profundo(e lindo é claro rsr).

    Adorei o blog,amo o jim!!!

    Abraços.

  11. Se Jim foi condenado a 70 anos de prisão por algo que não foi provado, porque não processam esse Sam Bernett por dizer fatos que não são oficiais, e sem prova suficiente, afinal depois de 20 anos de obito, a causa da morte não pode ser mais alterada. Esse livro é uma ofensa.

  12. É estranho uma personagem como Jim ser encontrado mosrto num bar e se guardar segredo. Esconderam o corpo numa sala até o bar fechar ou sairam pela porta das traseiras? Que diferença fazia entre morrer de overdose num WC de um bar ou numa banheira? Será que o mundo não conhecia a dinamica de vida que Jim incutia? Será que todos na altura não saberiam que Jim perseguia o fim com persistencia? De qualquer forma até há uns anos pensava que Jim tinha tido mais serenidade em Paris e que a sua morte tinha sido o culminar de curtos anos em alta rotação.

    Um dia cheguei entrei em Paris e pouco tempo depois lá estava eu a seu lado, o Pere Lachaise.
    Jim está vivo, para sempre!

  13. Marcelo Says:

    Jim, bandido nunca herói sempre

  14. Ribeiro Says:

    Riders on the storm…

  15. Fernando Says:

    Grande Grande JIM, quando o visitei no cemitério ( pere lachaise ) fiquei um pouco triste com o aspeto do seu tumulo, pareceu-me abandonado, mas por outro lado gostei da simplicidade, simplicidade que permite ao verdadeiro fã visitalo sem o mediatismo “abutre” que atualmente ainda faz muita gente ganhar dinheiro á custa do nosso idolo , o ambiente pelo contrario (para ser no meio da cidade que é) era tranquilo, parece-me que ali JIM estava em paz.

  16. RENATA FONSECA Says:

    SOU AMIGA DO FILHO DE JIM MORRISON CLIFF MORRISON ESTEPHANNY LORESS MEU TWITTER

  17. Peraí, só eu aqui acredito que o Jim ainda está vivo? rs Mas falando sério, nunca vai existir, na história da música, alguém como ele! Amo demais!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: