Mortes Trágicas No Universo Rock – Buddy Holly, Richie Vallens, Big Bopper

por edi cavalcante

Buddy Holly, Richie Vallens, Big Bopper

Esse evento remonta ao final dos anos 50. Outros irão além dos anos 60. O assunto é focado nos artistas que fizeram acontecer no final dos 50 e anos 60, e que, segundo Eric Hobsbawm, (os 60) foram o ápice da Era de Ouro no Século XX (1949 a 1973), de forte economia (principalmente nos países desenvolvidos), uma década de movimentos libertários, feminismo, guerra contra o stablishment, de liberação de tremendo ânimo novo refletidos em novos avanços culturais e musicais que mudaram o mundo e influenciam novas gerações ainda hoje. Ainda que suas mortes tenham ocorrido nas décadas seguintes. E, como diz o título, trata-se apenas dos casos trágicos, que causaram comoção. No caso de Buddy, Vallens e Bopper, suas mortes práticamente encerram um ciclo no Rock & Roll (v. post  “No Começo”), dando lugar a um tempo que se iniciava de forma conturbada e de evolução social sem rumos definidos. Foi nesse panorama que surgiram os Beatles. 

grave-buddy-ritchie-e-bopper1

Charles Hardin Holley, Buddy Holly, 22 – Jiles P Richardson “the Big Bopper”, 28 – e Richard Valenzuela, Richie Valens, 17, partipavam de uma turnê, o “Winter Dance Party Tour” (algo como “Turnê Baile de Inverno”). Buddy estava nessa turnê (24 cidades em 3 semanas) porque precisava fazer dinheiro depois da separação de sua banda, The Crickets. Alcançou Top 1 em 1957 com “That’ll Be The Day” (regravada pelos Beatles em início de carreira, e em 1965 regravaram a linda “Words Of Love”, em sua homenagem).

buddy-holly

Richie Valens foi o primeiro mexicano-americano a ser um rock star. Conseguiu colocar a canção “Donna” (sua namorada) no Top 2 em 1958. E no lado B do mesmo disco a esfusiante “La Bamba”, uma música tradicional mexicana em uma releitura roqueira.

richie_valens

Big Bopper chegou ao Top 6 com a gravação “Chantilly Lace”.

big-bopper3

Buddy Holly trocou a viagem de ônibus pela carona de avião, um Bonanza Beechcraft (abaixo),

bonanza

pequeno avião para 4 passageiros (tinha modelo em escala para montar na Casa Aerobrás). Tanto ele quanto Richie Vallens conseguiram seus lugares por desistências dos outros passageiros no vôo em direção à próxima parada : Moonhead, Minnesota. Era uma gélida noite, 1:05 da madrugada de 3 de fevereiro de 1959 (a cena pré-acidente é mostrada no filme “La Bamba”, sobre a efêmera vida de Richie Vallens). Presume-se que o piloto, Roger Richardson, 21, (seu corpo foi o único a ser encontrado) perdeu o controle do avião ao entrarem em uma tempestade de neve e caíram no milharal de Albert Juhl, algumas milhas depois de Clear Water, Iowa.

air-crash-buddy-holly

Esse dia ficou conhecido como “O Dia Em Que A Música Morreu”, que Don McLean se inspirou para compor a música “American Pie”, em 1971.

air-crash-buddy-holly-2

Sobre o assunto : Falling Stars – Air Crashes That Filled Rock & Roll Heaven – Rich Everitt – Harbor House. v. também www.classicwisconsin.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: